Motos Yamaha 2013

por César Costa on 13 de junho de 2012

A Yamaha é uma empresa de extrema importância no mundo das duas rodas, é sinônimo de tecnologia, segurança e qualidade, virtudes que fazem da Yamaha líder de vendas. As Motos Yamaha 2013 trazem a combinação desses elementos de forma equilibrada, que vão de motos de estrada à modelos para o dia a dia.
nova yamaha fazer 2013

Yamaha Fazer YS 250 2013

A nova Yamaha Fazer YS 250 2013 vem para entrar na “briga” com as competentes concorrentes, mantendo sua proposta inovadora. A Yamaha FZ-S 2013 traz novidades em seu design, com linhas mais agressivas e novos grafismos. É uma ótima opção para quem necessita de mobilidade no dia a dia e não abre mão de alto desempenho. O preço da nova Yamaha Fazer YS 250 2013 gira em torno de R$ 11.500,0.
nova yamaha 2013
yamaha fazer 2013

Yamaha YZF – R1 2013

A nova Yamaha YZF – R1 2013 é uma superesportiva para quem gosta de emoção, traz agora controle de tração (TCS), que permite uma melhor condução diante de sua potência. Seu design também traz mudanças, agora com um visual mais arrojado e futurista, traços mais expressivos, além de mudanças na carenagem que melhoram sua aerodinâmica. O preço da nova Yamaha YZF-R1 é de R$ 61.490,00.

nova yamaha yzf R1 2013

yamaha yzf R1 2013

nova yamaha yzf R1 2013

 

{ 40 comentários… read them below or adicionar um }

Valério Pereira julho 9, 2012 às 22:16

Não estou vendo muita alteração nas motos ronda, neste segundo semestre de 2012 para 2013. Acredito que novidades mesmo vamos ter no segundo semestre de 2013. A YS250 FAZER, alterou as cores de motor, e acessórios. Particularmente não gostei. Prefixo as versões de 2012. Estou me virando de todos os tipos para comprar uma YS250 YAMAHA, mas DAFRA NEXT 250 está pra lá de convidativa e preço sugerido de promoção de 10.190,00, com muita tecnologia a overcer ao consumidor.

Joel agosto 15, 2012 às 12:15

Amigo Valério meu nome é Joel e sou vendedor de motos Yamaha, olha infelizmente não conseguimos agradar gregos e troianos não é verdade?
Porém temos, eu diria, uma das tecnologias mais avançadas no que se trata de motocicletas. Um exemplo bem claro seria a YS fazer Blueflex a única do mundo com essa tecnologia. Então meu amigo pense bem antes de optar em comprar uma motocicleta que esta a pouco tempo em nosso mercado, o barato pode sair bem caro. Mas é só aguardar teremos muitas novidades para o ano de 2013.

Att. Joel Oliveira

Dúvidas.
E-mail: joel.maqmotos@hotmail.com

iago agosto 18, 2012 às 15:40

a fazer e a moto mas bonita do brasil!

André setembro 2, 2012 às 3:30

Você esta correto Joel!,muitas vezes fica mais caro o que na hora da comprar,parece ser mais barato,eu acabei de comprar a minha fazer Blueflex,e estou super satisfeito,olha que antes eu tinha uma xj6-n,estou muito satisfeito com o desempenho da pequena fazer!,o consumo de combustível também é muito baix.realmente a nova dafra, esta muito atraente em preço e acessórios,mas é um produto muito recente no mercado, é padece de um pouco de amadurecimento,segundo algumas enformações que tive,a dafra tem um sério problema em relação ás suspensões,e alto consumo de combustível,nesta categoria de motos,realmente a Fazer YS 250 é a que se sai melhor,ótimo motor,excelente ciclística,suspensão então nem se fala!,muito macia e confortável,minha mulher adora andar na garupa da minha fazer.então é assim!, fica minha sugestão para os amigos que querem comprar uma moto de baixa cilindrada,compre uma fazer!.
A Yamaha é o futuro do motociclismo brasileiro!.

olbkjnoujnonkj@yahoo.com.br setembro 8, 2012 às 14:20

Brasileiro é muito otário mesmo! Esses espertalhões empurram as mesmas motos com linhas mais agressivas e desempenho tímido, fazem um alarde em cima de uma moto que utiliza o mesmo motor com a mesma potência hà vários anos e todo mundo fica maravilhado com essa coisa ridícula de novos grafismos.

Raimundo outubro 2, 2012 às 12:31

Gente, a Fazer 250 da Yamaha é praticamente a mesma desde o seu lançamento. Pouca coisa mudou e o que mudou não foi grande coisa. A Yamaha devia ter vergonha de ficar sempre na “rabeta” da honda, sempre pegando poeira e trazer para o Brasil a Yamaha 250 R4, uma 250 fora de série e que iria, de fato, disputar de igual pra igual com as motos da honda. Veja a nova 250R da honda, que se não é um colosso, já está junto da Ninjinha, esta última ocupando a ponta de todas. As motos yamaha são boas pra quem quer o básico… Abraços

jaks outubro 16, 2012 às 19:15

acho que a yhamaha ta começando a melhora suas motos no brasil ta faltando a xtz 200 cd feizer 300

jaks outubro 16, 2012 às 19:16

acho que a yhamaha ta começando a melhora suas motos no brasil ta faltando a xtz 200 cd fazer 300

clementino viana de miranda outubro 31, 2012 às 8:33

Participei do consorcio yamaha drag star porem a moto saiu de linha ;a cia:não pretende lançar um modelo entre drag e a midnight star?

Luis Ricardo novembro 4, 2012 às 6:53

Poi é, a YAMAHA tem as melhores motocicletas do mundo para oferecer para seus clientes,mas aqui no BRASIL esta faltando mais investimentos, precisamos de uma nova YBR,XTZ e uma opção de maior cilindrada como a tão famosa RD 350.

jose resende lima novembro 8, 2012 às 7:39

j.r. motos peças e acessorio p sua moto
av wlisses guimaraes 928 arama ma.

jose resende lima novembro 8, 2012 às 7:51

a yamaha esta com suas motos perfeita basta ter preço para concorre com a honda e planos de pagamentos bem atrativos ai sim dominaria o mercado brasileiro. ze resende arame ma.

andre novembro 8, 2012 às 11:18

A Yamaha é capacho da Honda, tem muito mais bonitas que essas, não vende no Brasil. A FZ 16 que roda da Colombia e na India, a 250 na Europa é muito mais moto que Fazer, que fabrica burra.

Marcos novembro 8, 2012 às 13:47

O que temos hoje no Brasil é o que o brasileiro paga… chama-se Preço Brasil e não Custo Brasil. Líderes de montadoras em resposta a uma entrevista sob a seguinte pergunta: Por que um Camaro custa 35000 dolares fora do Brasil e quase 90.000 dolares no Brasil?
Responderam: Porque o brasileiro paga!
Então, se vocês olharem a Boulevard m800 em sites de garagem americanas, vão encontrar ela a 1.800 dólares e super esportivas na casa dos 6 mil dolares.
Enquanto a gente ainda paga 8 mil reais por uma YBR ou uma CG 150…
Mas como somos “livres” pra escolher, estou pagando mais e pegando minha Fazer, que depois de muita pesquisa se mostrou a menos problematica e mais economica… espero estar certo!

deyvit novembro 10, 2012 às 11:33

pois é cadê a sonhada RD 350 desde criança eu tenho vontade de possuir
e espero realizar esse sonho em 2013

sonhador novembro 11, 2012 às 2:42

A displicência da Yamaha para conosco aqui no Brasil chega a ser imperdoável, durante anos defendi a marca como se fosse um filho meu, mas após vê-lá sem reação por tanto tempo frente a lançamentos dos concorrentes com modelos sempre inferiores eu desisto. Quem compra uma Yamaha busca além de uma moto um diferencial principalmente em desempenho. Há anos a marca não vence um comparitivo se quer com modelos de entrada. Ex: a dafra next chegou no mercado agora é já venceu a fazer no quesito desempenho. É vergonhoso o leque de modelos com desempenho ínfimo da marca. São tantas parcerias entre fabricantes de motos “xingling” com nomes difíceis até de pronunciar que vem para o Brasil e já chegam com modelos bonitos e com desempenho satisfatório ex: zongsheng, sym, RTR… falta moto pra concorrer de fato com a cb 300 afinal a fazer não tem motor pra isso e falo por experiência própria pois tenho uma fazer 250. Na era das 150cc a Yamaha insiste em uma 125 carburada????:-( pelo amor de deus !!!! Nem tento defender mais a marca. Desisto!!!!! Saudades do tempo em que as rd135 faziam a felicidade dos proprietários . Bons tempos que não voltam mais.

carlao GTS novembro 11, 2012 às 20:42

‘não compre por ser lançamento’
quanta ignorância…
a FAZER YS250 foi lançamento um dia e eu comprei…
KAWASAKI 300 é a evolução natural….
atual : XTZX 250

bruno novembro 22, 2012 às 13:53

a yamaha ta otima ate de mais,so falta as motos que foi lançada recentemente chegar ao brasil! eu do a minha opiniao se a yamaha fosse um pouco mais esperta a honda nao estaria na frente dela,a fzs 150cc,a fz16 150cc.e etc…tenho e pena da honda quando essas bonitinhas ae chegarem no brasil… a fazer 250 pra mim nunca,ja mais tem que ser 300 por que um motor 300cc so deixa amoto mais pesada… e a factor 125cc tem que continuar a ser 125cc por que tambem ta chegando ae as 150cc num e verdade? eu tenho uma ybr factor 125cc ano 2010,nao tem nenhum um tipo de 150cc ate hoje que passa dela,eu falo por que ja fiz o teste,e eu nao troquei nenhuma peça original por peças que deixe ela mais potente como por exemplo uma descarga coiote.. e a minha ybr ja tem 71.000 km rodados so uso a gasolina aditivada desde quando comprei ela…pois e yamaha so falta trazer pro brasil essas novas motos que foi laçada…

douglas novembro 24, 2012 às 15:25

onde esta a nova rd ou tdr 350r de 2013?

paulo novembro 27, 2012 às 19:06

concordo com o sonhador on. desde q me entendo por gente motociclista, amo a Yamaha. MAS…a Yamaha demora muuuuuuuuuuito prá fazer algo pra melhorar ou lançar os produtos dela. eu tenho uma Lander e pretendo trocar por uma outra (da Yamaha). Mas as opções são bem poucas. Só vou ficar na Yamaha pq. ninguém quer (ainda bem,pq eu num quero pagar seguro – diferente da Honda) Yamaha, e os preços das peças não são caras. É difícil trocar o certo=Yamaha, pelo duvidoso = as xingling. Gosto tbém de Honda, Kawasaki, Suzuki…é q meu bolso é pequeno…abraços a todos.

dam motos oficina especializada yamaha e honda novembro 28, 2012 às 8:40

yamaha r1 e moto ñ ten pareia

douglas novembro 30, 2012 às 6:25

quando chegará a nova rd 350 ou a nova tdr 350.é verdade ou mentira vi o novo modelo na net. quero ser o primeiro a ter uma .

Milton Massaharo Abe dezembro 9, 2012 às 1:15

Os executivos da Yamaha são todos míopes! Há mais de cinco anos atrás se a Yamaha tivesse lançado no mercado brasileiro a FZ16, Hoje a Honda estaria comendo poeira, acho que os executivos da Yamaha não conhecem o mercado brasileiro e nem o bom gosto que nós consumidores brasileiros temos, e não percebeu o market share que teria conquistado aqui no Brasil, se ouvisse um pouco as opniões dos brasileiros.

Leo dezembro 12, 2012 às 1:26

Sera que a yamaha não vai trazer a wr 250r para o mercado brasileiro,
então a honda estara com o mercado livre pois a lander não faz frente
a crf250l.

Carlos dezembro 14, 2012 às 10:20

Sei lá… preços altos, motos fraquinhas e com tecnologia ultrapassada, impostos mais altos ainda, não sei se vale a pena ter uma moto.

ailton dezembro 14, 2012 às 18:24

não entendo porque não tem motos com cambio automatico. seria muito mais facil para pilotar. voces não acha.

sonhador dezembro 17, 2012 às 4:24

Rd 350 nao volta de jeito nenhum. Ao menos no Brasil não. Nos tempos atuais cheios de regras ante-poluição e blá blá blá…não seria viável para uma empresa lançar uma moto com motor dois tempos, mesmo com toda tecnologia atual o dois tempos Continua queimando óleo na mistura e poluindo muito. Por isso tenho quase certeza que as motos dois tempos vão permanecer apenas no ramo de competições. E após ler o comentário do colega Bruno, quero dizer que uma Honda 150cc jamais vai andar atrás de uma Yamaha 125. Sou yamahista desde criança e cresci com fumaça dois tempos “nos zóio” e esse papo de ybr andando na frente de titan 150 eh lenda, a 150 anda muito forte e ninguém contesta sua superioridade de desempenho. Por tanto,ou o piloto eh muito fraco, ou a 150 está com algum defeito ou a história está mal contada. “200 anos de racha nas ruas”

Paulo filho dezembro 17, 2012 às 4:32

Inacreditável mesmo. Se tamanho de motor não fosse documento não haveria diferença entre veículos 1.0, 1.4 ou 2.0 seriam todos iguais ou até pior, o fiesta 1.0 andaria mais que o focus 1.8 . Tem gente que ainda acredita em papai Noel. Nessa proporção vou vender minha fazer e voltar pra ybr factor.

Evertom dezembro 21, 2012 às 18:55

Vamos falar a verdade,a honda é só nome eu tenho uma e vou comprar uma yamaha honda as motos são duras digsain despropornais e por um opcionalsinho o preço almenta muito,essa seta embutida ninguem merece,injeção eletronica grande coisa a moto perdeu potência,pra q flex em uma moto 125 e 150 não gasta nada,q frescura,300 q gasta bastante não é,honda é só nome.

Evertom dezembro 21, 2012 às 19:18

Porque a ybr não pode andar mais q uma titan 150 vc acha q 25 cilindrada é muita vc esta por fora a diferença e só na saida

Paulo filho dezembro 27, 2012 às 13:23

Diferença na saída. Kkk quantas motos você já teve menino? Ainda pegunta porque 125 não anda na frente de uma 150!por um acaso alguma pop 100 já andou na frente da sua factor? E são só 25 cc a menos. !!!

sonhador dezembro 27, 2012 às 14:21

Eu aprendi a pilotar motos ainda com doze anos nos tempos que não havia tanta polícia nas ruas e que ainda era permitido andar sem capacete. Quantas vezes viajei de um estado para outro sem capacete….bons tempos. Já tive moto de vários modelos, marcas e potência. Já fui um apaixonado por pega de rua, na verdade ainda sou, porém com mais moderação. Por isso posso afirmar com uma vasta experiência no assunto, que 25cc já eh uma diferença muito grande principalmente em se tratando de motos tão pequenas e leves. Já aconteceu comigo várias vezes perder ou ganhar de motos teoricamente inferiores , mas pelo fato da minha moto ser mexida ou a moto do parceiro de racha estar com regulagem inadequada ou até mesmo um simples cabo de vela defeituoso ou carburador com mistura incorreta entres outros pequenos fatores que só são perceptíveis quando exigimos ao máximo o motor. Só não estão inseridas nesta equação as motos dois tempos que só o capeta pode explicar de onde vem tanta potência.

marcelo janeiro 29, 2013 às 21:49

a xtz ia lander são lindas mais aquela trazeira dela tem que mudar,,,

luis fevereiro 1, 2013 às 21:10

piloto moto a 29 anos,25 dos quais com honda,a 4 anos estou com a yamaha. não estou nem ai com a marca pois pelo que sei so ganha ´patrocinio os pilotos que representam as marcas. antes de trocar de marca avaliei tudo,mas mesmo assim faltava pilotar,e eu pilotei! ñ volto mais para a honda se ela ñ melhorar!obs tenho uma fazer 250 2008 e vou comprar outra 2013! outra estou satisfeito com meu desempenho [editado pelo Aperta Enter] e o tamanho do meu [editado pelo Aperta Enter] pra ñ ter que fazer do meu carro e da minha moto uma extenção.!! racha? vão se ferrar, bando!

da minha moto

PikennoER fevereiro 6, 2013 às 18:13

kkkk.. então as 150cc aki da minha cidade estão tooodas com problemas viu… tenho uma ybr aki e n anda + nem menos q a titan anda junto hora na frente… hora atrás e por ai vai.. to defendendo a yamaha nao q precisa melhorar mesmo as motos pq 125cc é coisa do passado.. + q a factinha perde muito p 150 da honda man boto fé nao pq tenho uma aki e ja fiz teste várias vezes e com várias motos e sempre chega junto!!

Paulo filho fevereiro 22, 2013 às 18:04

É chegado…sua factor deve ter sido produzida com a supervisão do [editado pelo Aperta Enter]. Kkkkkk grande piada uma factor andar mais que uma 150. Estuda garoto. Aprenda a pilotar primeiro e depois agente marca um [editado pelo Aperta Enter]. Factor so anda junto com 150 se for no vácuo, do contrário só com GPS pra saber onde a 150 entrou. Pela sua conversa você deve ser daqueles “motoqueiros” que usam lameira no pneu da frente e antena de cortar linha de pipa.kkkkkk Obs tenho uma shineray pra alinhar com sua factor.

rita de cássia passos morais março 3, 2013 às 20:40

A yamaha está precisando cancelar a 125 e lançar a 150 cc,que é pra surrarmos de vez !

paulo f freitas março 17, 2013 às 14:28

ayamanha esta precisando lança no mercardo a 150 yamanha pra compertir com a honda paulo freitas.

dominick março 29, 2013 às 7:52

tenho yamaha a 5 onos mas fico chateado de ver a marca das melhores motos esta ficando atraz da concorrencia no que diz respeito a ousadia e design.ja passou da hora de lançar uma moto de 250cc ha 350cc com dois cilindros pra concorrer de igual pra igual com ninjinha e comet com essas duas concorrente a yamaha ta perdendo uma boa fatia do mercado

luciano maio 4, 2013 às 21:57

VAI aqui aviso a todos q gosta de motos tenho atualmente hornet 2012 2013 com 2.750 klts rodados ja tive varias motos baixa cilindradas não importa marca modelo curta sua maquina seja 100 ou 125 ou 150 ou 200 ou 250 ou 300 ou 400 ou 500 ou 600 ou 1.000 todos nos somos irmãos q qr ou não vamos ser todos felises respeitando a todos obrigado

Deixe um comentário

Post anterior

Post seguinte